Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
terça, 11 de abril de 2017
FLUXO

 

meu amor me ama sempre
inteiramente
não é ele
não é ela
não é ninguém nem é todos
meu amor é um porém
mas é todo um colosso

 

me sabe da pele
na carne
dos músculos
nos ossos
meu amor é o que sustém
o que respira na vida
nova canção clara e bela
suicídio que se enfatiza
mentira que desespera
brincadeira de água viva

 

meu amor é uma semente
adstringente
não é ela
não é ele
não é ninguém mas um ludo
meu amor é um absurdo
mas é todo um universo
me sabe e impele
o íntimo
dos cúmulos

 

meu amor é o que mantém
o que tem voz ativa
outra canção sentinela
um ser vivente minúsculo
um líder incontestável
a senha que salva o mundo

 

não meu amor
mas o amor
me ama completamente
apesar ou só
por eu ser gente
este ser esdrúxulo


10.04.2017.

segunda, 10 de abril de 2017
POR TODA A MINHA VIDA

 

eu sempre vou te amar

como prometi

não por mim mas sim pelas belezas do sentimento

não por você mas pelas riquezas que o amor nos dá

a mim e a você e a todo mundo
 

te amo cidade de niterói, quero ver seu sorriso

eu, teu enamorado!

te amo cidade da bahia, eu que sou seu amigo

sei que sou amado!


por jura ou simpatia

meu amor é sintonia

de perto ou de longe

e na sede e na fome e na ânsia


sempre vou te amar

com elegância

como prometi

não por nada

mas por tudo

que é nosso
 

para sempre

eu vou te amar
 

10.04.2017.

quinta, 6 de abril de 2017
MARÍTIMO


quero teus pés salgados
porque o oceano é vasto
mas você está aqui
ao alcance, ao lado
e te sinto o salitre e o iodo
e me sinto vitorioso
acompanhado
carinhosamente pisado
como a areia úmida
generosamente cravado
como o caco de concha em tua sola
e o doído da gostosura
não impede mais um passo
mas muito e sem o contrário
impele a busca sem luta
de outros moluscos ocultos
inteiros cardumes
canteiros de sargaços
porque você está em mim sem hora
pegada como um passo
porque o meu sonho é vasto


07.02.2017.

Páginas
<< Início  < Anterior 1 2 3