Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
quarta, 19 de abril de 2017
CADA COISA


cada pessoa
se conhece pela hora
da paciência
da emergência
quanto ajuda
quanto implora

cada amor
se reconhece pela aurora
se brota limpo
ou meio aflito
se vem com luvas
ou esporas

cada elemento
se pressente se é luz del fuego
ou se é treva em movimento
o negror que afoga

cada vida
se afirma ou se desmembra
conforme vibra
ou se desossa

 

03.03.2017.

segunda, 17 de abril de 2017
ASSOMBROS


mágoas bem passadas
não devem ter vincos
quanto mais maduros
melhores os vinhos

 

quanto mais futuros
mais férteis os sonhos
águas de enxurradas
removem os limos

 

provas de amor
renovam os vínculos
quanto mais atentos
os olhos mais brilham

 

salgadas na fonte
hão lágrimas doces
assim como fosse
verdade o que rimo

 

assim como um fosso
pro céu infinito
e o fundo do poço
a luz no caminho

 

assim como asa
se diz liberdade
e ancorar no lodo
nos lastre a verdade

 

nós somos o tudo
num todo estilhaço
mas sendo ato único
só nós somos nossos


13.04.2017.

sexta, 14 de abril de 2017
CRUEL


a crueldade é essencial para amar, para viver. ser cruelmente feliz aguardando a morte. crueza em carne, alma, desejos e respirações. melhor do que mal passado, desalmado, indesejado ou irrespirável. melhor assado, amado, alado, pirável.

e cruel.
de uma credulidade boa, de uma crueza comestível, de um cruzeiro com todos os círios. essas coisas imprescindíveis para viver e amar.
na bonança, na esperança, nos céus das utopias, nos infernos das lembranças, a crueldade é elemental em nossas vidas.
substância generosa no corpo, sobrinstância na onerosa alma, suprosumo honrosa para o destino.
e a idade cruel é a qualquer momento, sendo que a praticamos mais espontânemente quando somos infantes. mas incansavelmente perseveramos na crueldade enquanto vivos, acreditando que viver será para sempre.
inerente ao bicho homem e mulher, a crueldade é um bem ou mal inafiançável.


14.04.2017.

Páginas
<< Início  < Anterior 1 2 3 Próxima >  Última >>