Olha só!, é um blog olho no olho, quero dizer, palavra no ouvido, grito no espaço, segredo e colapso público. É pra conversar um pouco pois é conversando que a gente se entende. Um pouco. Em tempo: todas as fotografias são do mesmo autor dos textos.
Sábado, 1 de agosto de 2009
FUMAR NO ESCURO

foto original de Lula Espírito Santo.
 
Falar com você, sem te ver: fumar no escuro.
Há um certo prazer, uma sensação de tato da fumaça nos lábios, um medir distância sem certo horizonte, um exagero de saliva a mais na boca, uma inesgotável e instantânea necessidade de buscar, não sei onde, mais de você, mais das espirais do carbonizado tabaco.
Falar com você, sem te ver, te sabendo longe: fumar sem tragar.
Há uma carência de corpo e mesmo parece que a alma é por demais fluida em mim do que seria no seu estranho ser. E assim a boca seca, por buscar no ar o que não há, e não há intimidade – nem desejo nem saudade – com o que se acabou de exclamar: palavra ou gás, nada me liga ou atrai a você, já que só imaginada.
Fumar no escuro. A única luz é o rescender da brasa. Mas não há êxtase, na há você nas longarinas do que não vejo, os tragos nada me trazem e as palavras parecem fantasmas. Ou querem que eu seja.


marco/30.07.2009.
Páginas
<< Início  < Anterior 6 7 8